Vagas na marinha do Brasil


Artigo Publicado em: Emprego


A Organização das Nações Unidas (ONU) tem atualmente 193 países-membros. Um deles é o Brasil. Nossa nação, por sua vez, assim como todos os demais membros da entidade, carece de uma organização interna exemplar, a fim de estabelecer condições básicas para seus habitantes em todos os sentidos, abrangendo diferentes setores, como saúde e educação.

Entre eles – e também de bastante importância – está a segurança, seja internamente ou em prol da unidade nacional. Em outras palavras, no segundo caso, na possível ocorrência de uma guerra, a defesa do país estaria pronta para defender sua população, o que não faria do povo uma vítima do imperialismo externo.

No entanto, para se organizar, é preciso ajustar os mínimos detalhes. Por isso, divisões são feitas. Na defesa aérea, o país usa dos recursos de sua força aeronáutica. No meio terrestre, a responsabilidade fica por conta do exército. E, para a defensoria pelas águas, a opção feita é pela marinha.

Nesta última, novas vagas estão abertas. E por conta disto, se você quer ajudar na manutenção da unidade nacional de defesa, tornar-se funcionário público e prioriza o trabalho de competência avançada e em equipe, sua oportunidade é agora, se inscrevendo nas funções disponibilizadas pela marinha para contratação.

As vagas são dispostas em diversas categorias, todas elas através de concurso público. Para o público mais jovem, por exemplo, as opções giram em torno da admissão à escola e colégio naval, além do curso para marinheiros aprendizes.

Já para os adultos, são seis os cursos disponíveis de ingresso na instituição: para primeiro-tenente dos conhecidos corpos de saúde e engenharia, cabo de auxiliar de praças, primeiro-tenente do quadro complementar, primeiro-tenente da área de capelães navais e primeiro-tenente de oficiais intendentes, das quais estão dispostas 44 vagas para o departamento de administração, três para ciências contábeis e uma vaga para economia.

Além disso, também é possível se inscrever no concurso para cargos de nível intermediário, a qual se encontra disponível a função de auxiliar administrativo. Por lá, o profissional será encarregado de realizar a supervisão de algumas áreas, assim como realizar balanços, projeções e relatórios constantes para a administração principal da entidade. Já em funções de cargos de nível superior, o interessado terá como produto a profissão de civil nível superior.

Para qualquer uma das vagas, o indivíduo deverá fazer sua inscrição no processo seletivo, realizar o recolhimento das respectivas taxas e realizar a prova. O número de aprovados veria de acordo com o curso desejado.



3 ideias sobre “Vagas na marinha do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *