Universidade Aberta à Terceira Idade – USP


Artigo Publicado em: Vestibular


A Universidade de São Paulo sempre possui algum tipo de projeto com o objetivo de oferecer algum tipo de serviço para o bem da comunidade e a sociedade está cada vez mais valorizando os cidadãos da terceira idade e com esta perspectiva esta universidade criou a Universidade Aberta à Terceira Idade – USP, com o objetivo de ensinar e ao mesmo tempo aprender com estas pessoas que possuem muito conhecimento e que podem ser repassado para as gerações mais novas.

Muitas pessoas acham que pelo fato de uma pessoa ter uma idade avançada é que não pode desenvolver muitas habilidades ou de não fazer o que não teve oportunidade de fazer na vida inteira devido a muitas dificuldades que a vida lhe ofereceu, mas o Brasil felizmente acordou para a realidade de que a população idosa estacada vez melhor e envelhecendo com muita disposição, pois o aumento da perspectiva aumentou segundo os dados do IBGE devido a melhora da qualidade de vida.

E com todas estas informações e muito mais é que a Universidade São Paulo (USP) criou um dos projetos mais inovadores de sua história, que é a Universidade Aberta à Terceira Idade – USP, onde os alunos possuem o principal objetivo de aumentar os conhecimentos em alguma área de seu interesse e ao mesmo tempo trocar experiências de vida com outros alunos e professores inclusive, pois a grande vantagem deste tipo de público é que a vivência de vida é muito vasta e que com este recurso inestimável pode ensinar todos os dias, além de aprenderem coisas novas que podem passar para os netos e sobrinhos, ou seja, é uma troca fantástica de informações.

Para participar deste curso, os interessados devem atender as seguintes exigências:
• Idade mínima de 60 anos
• Os interessados devem atender aos requisitos mínimos de cada curso, que serão informados no ato da matrícula e a Pró-reitoria da USP vai dar como comprovante do curso o atestado de participação, caso o docente determinar que seja entregue este documento.
• Caso o curso tenha uma matéria muito específica, o interessado pode passar por dois tipos de avaliações: por meio de entrevista ou análise curricular.
• Na grande maioria das disciplinas dos cursos não é feita nenhum tipo de exigência, basta somente ao interessado ter condições mínimas de acompanhar o curso.
• Cabe a USP definir os programas de cada curso, conforme as necessidades da instituição.
(Uma das maiores vantagens destes cursos é que os interessados podem escolher os curso que desejarem e as atividades que pretendem fazer, que são muitas, que variam desde caminhadas, excursões, palestras, cursos), ou seja, o leque de opções é muito grande, sendo que o aluno só deve obedecer ao cronograma dos dias dos eventos.

São oferecidos diversos tipos de cursos de muitas áreas, desde a área de humanas, artes, comunicação, biblioteconomia, música, jornalismo, área da saúde, entre tantas outras que podem interessar a este público que ainda pode produzir muito e ensinar aos maios jovens tudo o que passaram na vida, ou seja, todos saem ganhando com esta troca de informações.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *