Lista de Livros Fuvest 2015


Artigo Publicado em: Vestibular


Foi divulgada no início do ano de 2012, pela FUVEST (Fundação Universitária para o Vestibular) e pela COMVEST (Comissão Permanente para os Vestibulares), que são responsáveis por organizar e promover, respectivamente, os vestibulares da Universidade de São Paulo (USP) e os vestibulares da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), a lista unificada das obras literárias de leitura obrigatória que serão abordados nos vestibulares de 2013, 2014 e 2015.

Com relação à lista dos últimos vestibulares, essa sofreu algumas alterações que, de acordo com a comissão organizadora da seleção das obras, as mudanças estão de acordo com o manual do candidato do último vestibular promovido. Deixaram de fazer parte da relação que vigorou nos últimos vestibulares, quatro grandes obras de quatro dos maiores autores de todos os tempos. “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente, “Iracema” de José de Alencar, “Dom Casmurro” de Machado de Assis e “Antologia Poética” de Vinícius de Moraes.

Os quatro novos títulos constantes na lista de leitura obrigatória para os estudantes que pretendem ingressar em uma dessas duas Universidades são de igual importância àqueles que foram retirados da relação, sendo eles: “Viagens na Minha Terra” de Almeida Garret, “Til” de José de Alencar, “Sentimento do Mundo” de Carlos Drummond de Andrade e “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis. A lista se completa, totalizando nove títulos, com as obras que já nela constavam antes e são eles: “Memórias de um Sargento de Milícias” de Manuel Antônio de Almeida, “O Cortiço” de Aluísio Azevedo, “A Cidade e as Serras” de Eça de Queirós, “Vidas Secas” de Graciliano Ramos e “Capitães de Areia” de Jorge Amado. Assim como nas suas edições anteriores, os escritores do Século XIX e os da primeira metade do Século XX, responsáveis por produzir diferentes tipos de leituras do Brasil no desenrolar de suas obras, continuam a ser predominantes na lista dos livros obrigatórios da FUVEST e da COMVEST.

De acordo com o Manual do Candidato de 2012 da UNICAMP “essas leituras são usadas como parâmetro para elaborar as questões e avaliar o candidato quanto ao conhecimento de uma parte representativa de textos literários em língua Portuguesa”.

Planeje suas próximas leituras, pois além de necessárias para as provas, também são cultura!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *