Licença Maternidade


Artigo Publicado em: Emprego


A licença maternidade é um direito que todas as mães têm quando trabalham no regime CLT. Isso porque, já está previsto em lei que a mãe tenha alguns meses para que o bebê possa ter os primeiros cuidados diretamente da mãe.

No entanto, o tempo que é previsto em lei não é nem de perto o tempo adequado para que a criança se desenvolva bem, uma vez que, primeiramente o tempo de amamentação é de no mínimo 6 meses. No entanto, a licença maternidade é de apenas 120 dias. Algumas empresas, participantes do programa “Empresa Cidadã” podem oferecer licença maternidade de até 6 meses. Este período maior não é obrigatório e cabe a empresa decidir se quer ou não oferecer este benefício a mais.

Essa licença pode ser pedida a partir do oitavo mês de gravidez com um exame de comprovação da gravidez e uma carta do médico solicitando o afastamento da gestante ao RH da empresa.

As mulheres que são mães de gêmeos ou que tem seu bebê prematuro têm o direito de ficar mais tempo em casa, uma vez que, a criança precisa de mais cuidados médicos e assim, a ajuda e o contato da mãe é de extrema importância para o desenvolvimento da criança.

As mulheres que comprovam gravidez na empresa ou que ainda, tenham acabado de ter tido seus filhos não podem ser demitidas, uma vez que, estão resguardadas pela lei. Sendo assim, pode ficar tranquila com relação a seu afastamento. Isso porque não poderão ser demitidas durante 5 meses após o retorno do tempo de licença vigente.

Sendo assim, mulheres, fiquem atentas aos seus direitos e não deixem fazer seu papel de mãe por causa de seu emprego. A lei está do seu lado e você tem o direito de ter seu filho com segurança e tranquilidade que o momento oferece.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *