Ensino Médio a Distância


Artigo Publicado em: Cursos


Muitos adolescentes que odeiam ir à escola e prefeririam muito mais fazer o ensino médio pelo computador, podem continuar frequentando a escola. Isso porque, o ensino médio em sua forma regular ainda não existe da forma de curso a distância.

O ministério da educação já até comentou o assunto e disse que o adolescente necessita do convívio com outras pessoas de sua idade para que assim, ele aprenda a conviver em grupo, a ter limites e até mesmo a respeitar o sexo oposto. Sendo assim, um ensino médio à distância acarretaria em uma falha de aprendizado e assim, influenciaria no desenvolvimento do jovem.

É por esse motivo que o ensino médio deve ser cursado da forma regular, com a presença do aluno em sala de aula durante cinco dias por semana. No entanto, se esse aluno não consegue concluir o ensino médio em tempo hábil e já tem mais de 18 anos, o aluno pode optar por fazer um supletivo.

O supletivo é uma forma de fazer com que o aluno obtenha o diploma de uma forma mais rápida e assim, possa continuar com os estudos. O mais comum é que o ano letivo seja diminuído para que assim, o aluno possa fazer em um ano, duas séries ou até três. Porém, no final do curso o aluno deve obter a aprovação em uma prova presencial.

Só assim, o diploma de ensino médio será entregue ao aluno. No entanto, as aulas podem ser feitas da forma a distância, uma vez que, ele pode acompanhar as aulas através de um computador conectado a Internet.
Tudo muito parecido como o curso regular, a única diferença é que não se pode fazer a bagunça tradicional na casa de aula, como os adolescentes gostam tanto de fazer.

Geralmente, o ensino a distância, ou EAD, como é conhecido, é sugerido para pessoas que não tem tempo para estudar, precisa trabalhar ou pessoas maiores de idades que na juventude não puderam frequentar uma escola e acabam optando pelo método por ser mais fácil. Porém, ao optar pelo ensino a distância deve-se ter muita cautela e disciplina, sabendo focar na hora de estudar não deixando de realizar as tarefas. E, mesmo as pessoas que fazem curso a distância devem comparecer a uma instituição de ensino, cadastrada de acordo com o método ou empresa escolhida, e realizar uma avaliação para saber se deve passar de nível e quem sabe iniciar uma graduação.

O aluno não deve perder o foco mesmo não tendo o professor ali constantemente. E aprender a anotar as eventuais dúvida e tirar com o professor quando necessário. Esta modalidade de ensino só deve ser aplicada quando não houver outro recurso, pois o convívio e a troca em uma sala de aula faz parte do desenvolvimento, ou seja, é muito importante. No entanto, é uma modalidade muito procurada nos dias atuais.



2 ideias sobre “Ensino Médio a Distância

  1. Elieti Fiaux Barbosa Cabral

    Gostaria de fazer um suletivo a distancia, pois tenho poliomelite e necessito de um aparelho ortopedico p me locomover .Se eu conseguir vou ficar muito contente.

    Responder
  2. Anan

    Conforme dito acima, tudo depende do insereste do aluno, ente3o um fator a ser levado em considerae7e3o no EaD e9 saber oque gera insereste para assim estipular oq vai ser ensinado. No Brasil o EaD seria mto mais eficiente se o governo pudesse proporcionar uma infra-estrutura para os menos favorecidos, pq como deve ser de conhecimento da maioria, existem mtas pessoas que chegam a gastar mais de 2 hrs no caminho para escola; e quem se sujeita a isso provavelmente possui grande insereste. Resumindo, o EaD pode favorece e mto e0queles que team dificuldades de acesso a escola, pq ao inve9s de perder tempo no caminho e0 escola eles podem usar esse tempo pra outra coisa e se houver necessidade 1 ou 2 aulas presenciais por semana para ter um contato olho no olho com professores. Boa viajem Joe3o.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *