Emprego Belo Horizonte


Artigo Publicado em: Vagas Abertas


A Capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, é a 4° cidade com maior PIB do país com 1,38% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

A cidade está posicionada em um eixo logístico, servida por uma malha viária e ferroviária que a une aos principais centros e portos do Brasil. Com o passar dos anos, Belo Horizonte se tornou um dos mais importantes polos industriais do país, com empresas de ponta nas áreas de confecção, calçados, informática, alimentação, aparelhos elétricos e eletrônicos, perfumaria e turismo de negócios. Com a variedade no segmento de empregos, diversos profissionais visam oportunidades profissionais na cidade.

Aproximadamente oitenta por cento da economia de BH se concentra nos serviços financeiros, atividades imobiliárias, também no comércio e administração pública.

A FIAT Automóveis foi a primeira grande montadora de veículos fora do eixo Rio-São Paulo que estabeleceu um grande polo industrial no município de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Sua planta em Betim é a primeira em produção de automóveis da empresa em todo o mundo. Desta forma, atrai diversos interessados a procura de oportunidades.

No setor alimentício uma das empresas mais importante em Belo Horizonte é a Itambé, qual se tornou a maior cooperativa de lácteos do país. A empresa conta com aproximadamente 3,3 mil colaboradores, que ficam espalhados por fábricas no estado e em diversas cidades do país.

A Matrix é uma empresa de grande importância especializada no fornecimento de ingredientes para a indústria alimentícia. A linha de produtos da fábrica é aplicada em diversos alimentos, tais como, gelatinas, margarinas, aromas, amidos entre outros.

Em 2010, a taxa de desemprego total na Região Metropolitana de Belo Horizonte caiu de 7,6% para 7,2% da população economicamente ativa. Um dos responsáveis pelo resultado positivo é que o setor industrial criou 13 mil novas ocupações, e agregado a outros setores, beneficiou a área de construção civil.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *