Curso SQL


Artigo Publicado em: Vagas Abertas


Muito tem se falado do Curso SQL, mas muitas pessoas nem imaginam do que se trata tal curso.

O que é SQL?

O SQL (structured query language) é a linguagem padrão usada para a interação de banco de dados que já existem no mercado. O SQL, portanto, disponibiliza instruções de criação e do gerenciamento de estruturas, ou seja, a alteração, inclusão, exclusão e consulta de dados.

Para desenvolver qualquer tipo de programa ou software para ser aplicado com a função de interação com os dados, atualmente, é necessário falar a língua do SQL e conhecer os conceitos que rodeiam o sistema de banco de dados, independente do sistema utilizado para sua interação.

André Milani, autor de livros como os de MySQL e PostgreSQL, entre outros, idealizou e criou o curso de SQL. No decorrer do curso, Milani ensina os conceitos mais utilizados na criação de banco de dados, a normalização dos dados e a linguagem SQL.

Curso SQL

Para se entender e aprender o SQL, nada melhor do que conhecer primeiro bancos de dados. É assim que se inicia o curso, com uma abordagem sobre banco de dados e seus conceitos principais, seguidamente do módulo a respeito da técnica para melhor organizar os dados (vulgo normalização). Após a explicação inicial dos conceitos, o SQL e sua linguagem são explicados desde o início (o que facilita para quem nunca teve contato com eles), até seu nível mais avançado, explicando comandos mais avançados e instruções não menos importantes que o nível básico.

Após as explicações dos conceitos do SQL em si, o curso também aborda temas como o controle ao acesso e às transações dos bancos de dados, e funções essenciais quando se trata de qualidade e segurança nas operações.

O conteúdo deste curso é atualizado de acordo com sua evolução e de suas tecnologias. A atual versão é a versão ANSI, que aborda todos os bancos de dados. A Softblue, empresa de cursos e treinamentos de TI, oferece o curso de SQL gratuitamente na versão atual e com certificação de conclusão do curso.
O interessante é que mesmo cada aluno tendo uma visão diferente do sistema, sendo essa visão sua interpretação de aprendizado, todos os alunos aprendem os mesmos comandos e os executam no banco de dados que desejarem.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *